Grupos Técnicos

Conforme o disposto no Regulamento do Glenif, os Grupos Técnicos de Trabalho (GTT) serão organizados por áreas temáticas, compostos por membros e um coordenador e assessorados por especialistas qualificados, podendo ser do mesmo país ou de outros, propostos pelo respectivo Organismo Normatizador.

Manual de Funcionamento dos GTTs

Contribuições ao IASB

 

GTT 57 – Projeto de Norma ED/2017/03 Características de Pré-pago com Compensação
Negativa

O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta comentário enviada ao IASB em 24/05/2017.

Eduardo Pocetti, Supervisor, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Adriana Caetano, Coordinador, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Membros do GTT 57

Daniel Sarmiento Pavas, Miembro, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Jessica Arevalo, Miembro, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Lic. Jorge Chinchilla, Miembro, Colegio de Contadores Públicos de Costa Rica, Costa Rica

José Luis Romero, Miembro, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

María José Fernández, Miembro, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

Carta Comentário – Versión Inglês

Carta Comentário – Versión Español

 

GTT 54 –  Projeto de Norma: Melhorias Anuais das Normas IFRS – Ciclo 2015-2017

O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a Carta Comentário enviada ao IASB em 4/4/2017.

Jorge Gil, Supervisor, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

Domingo Marchese, Coordinador, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

Miembros GTT 54

Rudah Luccas,    Miembro, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Elsa Beatriz García B., Miembro, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C.México

Andrea Patricia Garzón Orjuela, Miembro, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Ministerio de Comercio, Industria y Turismo, Colombia

Carlos Agüero Valerín, Miembro, Colegio de Contadores Públicos de Costa Rica   Costa Rica

NorellyPinto, Miembro   Federación de Colegios de Contadores Públicos de la República Bolivariana de Venezuela, Venezuela

Gina Flor Emén, Miembro,  Superintendencia de Compañías Valores y Seguros     Ecuador

Carlos Ruiz Hillpha, Miembro, Consejo Normativo – Ministerio de Economía y Finanzas      Perú

Winston Fernández, Miembro, Colegio de Contadores, Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Fabian Romeo, Miembro, Colegio de Contadores, Economistas y Administradores del Uruguay,  Uruguay

Carta comentário Versión Inglés

Carta Comentário – Versión en español

 

GTT 53 – Proposta de Alteração ED / 2016/1 – Definição de Negócios e Contabilização de Participações  Mantidas (Alterações propostas à IFRS 3 e IFRS 11)

O relatório final foi aprovado pelo Conselho e a carta comentário enviada ao IASB em 31/10/2016.

Membros do GTT 53

Daniel Sarmiento, Supervisor, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Luis Henry Moya Moreno, Coordinador, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Ministerio de Comercio, Industria y Turismo, Colombia

Edgar Hernando Molina Barahona, Miembro, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Ministerio de Comercio, Industria y Turismo, Colombia

Elsa Beatriz García B., Miembro, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C., México

Rudah Luccas, Miembro, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Carlos Ruiz Hillpa, Miembro, Perú

Álvaro Andrés González Zambrano, Miembro, Superintendencia de Compañías, Valores y Seguros, Ecuador

Enrique Valsangiacomo, Miembro, Colegio de Contadores, Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Janette Méndez, Miembro, Colegios de Contadores Públicos de la República Bolivariana de Venezuela, Venezuela

Hernán Casinelli, Miembro, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

Ruth Zárate, Miembro, Colegio de Contadores Públicos de Costa Rica, Costa Rica

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 52 Proposta de Alteração – Revisão da Estrutura e Eficácia dos Administradores: Proposta de alteração à Constituição da Fundação IFRS

O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta comentário enviada ao IASB em 19/09/2016.

Membros do GTT 52

Jorge Gil, Director/Supervisor, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

Felipe Pérez Cervantes, Miembro, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C., México

William Biese, Miembro, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C., México

Daniel Sarmiento, Miembro, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Norelly Pinto, Miembro, Federación de Colegios de Contadores Públicos de la República Bolivariana de Venezuela, Venezuela

Eduardo Pocetti, Miembro, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Adriana Caetano, Miembro, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 51 – Aplicação da IFRS 9, Instrumentos Financeiros, com a IFRS 4, Contratos de Seguro.

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório Glenif e enviada ao IASB em 8/02/2016.

Membros do GTT 51

Felipe Pérez Cervantes, Diretor/Supervisor, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C., México

Juan Mauricio Gras Gas, Coordenador, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C., México

Hernán Casinelli, Membro, FACPCE, Argentina

Eduardo Flores, Membro, Conselho Federal de Contabilidad, Brasil

Karina Rendón, Membro, Superintendencia de Compañías Valores y Seguros, Ecuador

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 50 – Melhoras Anuais – IFRS 2014–2016

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório e enviada ao IASB em 17/02/2016.

Membros do GTT 50

Eduardo Pocetti, Diretor/Supervisor, Instituto Dos Auditores Independentes do Brasil, Brasil

Dra. Tania Regina Sordi Relvas, Coordenadora, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Ángela Ramírez, Membro, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

William Biese, Membro, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C. (CINIF), México

Bolívar Gutiérrez, Membro, Colegio de Contadores, Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Sergio Cravero, Membro, FACPCE, Argentina

Carmen Maritza Angulo Esterilla, Membro, Superintendencia de Compañías Valores  y Seguros., Ecuador

Javier Bell Pantoja, Membro, Consultor Técnico Colegio de Contadores Públicos de Costa Rica, Costa Rica

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 49 – Transferências de Propriedades de Investimento (Modificação proposta à IFRS 40)

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório Glenif e enviada ao IASB antes da data limite de 18 de março de 2016.

Membros do GTT 49

Daniel Sarmiento, Diretor/Supervisor, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Edgar Molina, Coordenador, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Dra. Tania Regina Sordi Relvas, Membro, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Luis Antonio Cortés, Membro, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C. (CINIF), México

Cr. Enrique Valsangiacomo, Membro, Colegio de Contadores, Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Domingo Marchese, Membro, FACPCE, Argentina

Daniel Andrade, Membro, Superintendencia de Compañías Valores y Seguros, Ecuador

Carta Comentário – Ingês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 48 – Documento de Prática das IFRS: Aplicação da Materialidade ou Importância Relativa aos Estados Financeiros

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório e enviada ao IASB em 26/02/2016.

Membros do GTT 48

Daniel Sarmiento, Diretor/Supervisor, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Wilmar Franco, Coordenador, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Rudah Luccas, Membro, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Juan Gras Gas, Membro, CINIF, México

Guillermo Español, Membro, FACPCE, Argentina

José Mallot, iembro, CCEAU, Uruguay

Gina Cecilia Flor Emén, Miembro, Superintendencia de Compañías Valores y Seguros, Ecuador

Javier Bell Pantoja, Membro, Consultor Técnico Colegio de Contadores Públicos de Costa Rica, Costa Rica

Rafael Castro, Membro, Colegio de Contadores Públicos de Costa Rica, Comité Técnico de apoyo Glenif, Costa Rica

María Amparo Pachon P, Membro, Consejo Técnico de la Contaduría Pública CTCP, Colombia

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 47 – Transações em Moeda Estrangeira e Contraprestação por Antecipação

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório e enviada ao IASB em IASB  19/02/2016.

Membros do GTT 47

Eduardo Pocetti, Diretor/Supervisor, Instituto Dos Auditores Independientes Do Brasil, Brasil

Ahmed Khatib, Coordenador, Instituto Dos Auditores Independientes Do Brasil, Brasil

José Mallot, Miembro, CCEAU, Uruguay

Norelly Pinto, Miembro, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Gustavo Serrano A., Miembro, CTCP, Colombia

Mario Torres, Miembro, ICPARD, República Dominicana

Elsa Beatriz García Bojorges, Miembro, CINIF, México

Erick Brenes, Miembro, Colegio de Contadores Públicos de Costa Rica, Comité Técnico de apoyo Glenif, Costa Rica

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 46 – Incertezas sobre o Tratamento dos Lucros

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório e enviada ao IASB em 29/12/2015.

Membros del GTT 46

Jorge Gil, Diretor/Supervisor, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina.

Domingo Marchese, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Coordenador, Argentina

Ahmed Khatib, Membro, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Susana Apóstol, Membro, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Jorge Gutfraind, Membro, CCEAU, Uruguay

Wilmar Franco F., Membro, CTCP, Colombia

Maria Amparo Pachón, Membro, CTCP, Colombia

Nelson Hahn, Miembro, ICPARD, República Dominicana

Elsa Beatriz García Bojorges, Membro, CINIF, México

Efraín Jiménez, Membro, Colegio de Contadores Públicos de Costa Rica, Comité Técnico de apoyo Glenif, Costa Rica

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 45 – Data de vigência das modificações às IFRS 10 y NIC 28

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório e enviada ao IASB em 19/10/2015.

Membros do GTT 45

Jorge Gil, Diretor/Coordenador, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina.

Eduardo Pocetti, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil.

Daniel Sarmiento, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia.

Felipe Pérez Cervantes, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México.

Ángel Salazar, Ministerio de Economía y Finanzas – Consejo Normativo de Contabilidad, Perú

Winston Fernández, Colegio de Contadores, Economistas e Administradores do Uruguay, Uruguay.

Norelly Pinto Vargas, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela.

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 44 – Agenda  IASB 2015.

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório e enviada ao IASB 17/12/2015.

Membros do GTT 44

Juan Mauricio Gras Gas, Coordenador, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Felipe Pérez Cervantes, Diretor/Supervisor Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Jorge José Gil, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

Jádson Ricarte, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Daniel Sarmiento, Superintendencia de Compañías, Valores y Seguros, Colombia

Juan Carlos Paredes, Colegio de Contadores Públicos y Auditores de Guatemala, Guatemala

Winston Fernández, Colegio de Contadores, Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Norelly Pinto Vargas, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Jorge Chinchilla Castro, Colegio de Contadores Públicos de Costa Rica, Costa Rica.

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 43 – Esclarecimentos – IFRS 15.

A carta e comentários foi aprovada pelo Diretório e encaminhada ao IASB em 28/10/2015.

Membros do GTT 43

Alberto Afiuni, Coordenador, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Norelly Pinto Vargas, diretora/supervisora – Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Erika Marín, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Ana Gabrielli, Colegio de Contadores, Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

William Biese Decker, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Ana María Giorla, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

Ahmed Sameer El Khatib, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Carlos Ruiz, Consejo Normativo de Contabilidad del Perú, Perú

Rafael Balda, Superintendencia de Compañías de Ecuador, Ecuador

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 42 –Revisão da Estrutura e Efetividade da Fundação IFRS.

No mês de julho de 2015 o IASB publicou solicitação de opinião pública sobre a revisão da estrutura e efetividade da Fundação IFRS. O Diretório aprovou a formação do GTT 42, formado pelos membros do Diretório Glenif.

Membros do GTT 42

Jorge Gil, Diretor/Coordenador, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina.

Eduardo Pocetti, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil.

Daniel Sarmiento, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia.

Felipe Pérez Cervantes, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México.

Ángel Salazar, Ministerio de Economía y Finanzas – Consejo Normativo de Contabilidad, Perú

Winston Fernández, Colegio de Contadores, Economistas e Administradores do Uruguay, Uruguay.

Norelly Pinto Vargas, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela.

 

GTT 41 – Modificações propostas à IFRS 19 e CINIF 14

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório e enviada ao IASB em IASB el19/10/2015.

Membros do GTT 41

Claudio Giaimo, Coordenador, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas; Argentina

Jorge José Gil – Diretor/Supervisor, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas; Argentina

Luis Antonio Cortés Moreno – Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF) – México

Martín González Yaravide –  Colegio de Contadores, Economistas y Administradores del Uruguay;

María Augusta Mora Andrade – Superintendencia de Compañías,                                           Valores y Seguros – Equador

Rudah Giasson Luccas – Conselho Federal de Contabilidade – Brasil=

Héctor Castillo – Superintendencia de Compañías,   Valores y Seguros – El Salvador;

José Hernández – Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela –

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 40 – Atualização das Referências ao Marco Conceitual

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório e enviada ao IASB em  25/11/2015.

Membros do GTT 40

William Biese – Coordenador – Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera – CINIF – México

Felipe Pérez Cervantes – Diretor/Supervisor – – Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera – CINIF – México

Jorge Raúl Coca Ferrera – Junta Técnica de Normas de Contabilidad y de Auditoria – Honduras

Daniel Sarmiento Paiva – Consejo Tecnico de Contaduría Pública – Colombia

Ruth Elsie Carreño Madrid de Molina – Superintendencia de Compañias – Equador

Domingo Marchese – Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias – Argentina

Ricardo Villamarzo – Colégio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay – Uruguay

Javier Bell Pantoja – Colégio de Contadores de Costa Rica – Costa Rica

Nelson Goodrich – Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela – Venezuela

Rudah Luccas – Conselho Federal de Contabilidade – Brasil

Carta Comentário 1 – Inglês          Carta Comentário 2 – Inglês

Carta Comentário 1 – Espanhol          Carta Comentário 2 – Espanhol

 

GTT 39 – Fecha de Vigencia de la NIIF 15.

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório e enviada ao IASB em 02/07/2015.

Membros do GTT 39

Jorge José Gil –  Presidente e supervisor do grupo

Felipe Pérez Cervantes – Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera – CINIF

Jádson Ricarte – Conselho Federal de Contabilidade – Brasil

Norelly Pinto Vargas, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela.

Winston Fernández, Colegio de Contadores, Economistas e Administradores do Uruguay, Uruguay.

Daniel Sarmiento, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia.

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 38 – Clasificación de Pasivos | Propuesta de modificaciones a la NIC 1.

A carta de comentários foi aprovada pelo Diretório e enviada ao IASB em 10/6/2015.

Miembros del GTT 38

Rudah Giasson Luccas, Coordenador, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil.

Domingo Marchese, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina.

Félix Francisco Pinto Roja, Colegio de Auditores y Contadores Públicos de Bolivia, Bolivia.

Wilmar Franco Franco, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia.

Flor Emen Gina Cecilia, Superintendencia de Compañías Valores y Seguros, Ecuador.

Héctor Castillo, Consejo de Vigilancia de la Profesión de Contaduría Pública y Auditoria, El Salvador.

Luis Antonio Cortés Moreno, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México.

José Mallot , Colegio de Contadores, Economistas e Administradores do Uruguay, Uruguay.

Norelly Pinto Vargas, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela.

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 37 – Iniciativa de Divulgação. (Propor alterações ao IAS 7)

Em dezembro de 2014, o Diretório Glenif aprovou a formação  GTT 37 – Iniciativa de Divulgação. (Propor alterações ao IAS 7).

O grupo é coordenado por um representante do México e a  supervisão está a cargo de Vice-presidente do GLENIF Felipe Perez Cervantes (México).

O prazo para envio de comentários termina em 17/4/2015.

– Proyecto en Inglés – ED 2014/6  – Disclosure Initiative

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 36 – Funcionamento da ASAF

Em novembro de 2014, o Diretório Glenif aprovou a formação GTT 36 – Funcionamento da ASAF.

Este GTT teve como objetivo propor uma resposta válida a um questionário enviado pelos Curadores do IASB no processo de revisão do funcionamento da ASAF. O Grupo foi composto pelo Diretório GLENIF e pelo representante do GLENIF na ASAF. O Grupo foi coordenado pelo vice-presidente do GLENIF Felipe Perez Cervantes (México).

Embora o Glenif tenha enviado suas respostas aos “Membros Questionnaire” como membro da ASAF e ter realizado a divulgação e acompanhado o envio do “National Standards Setters Questionnaire” dos 17 países membros do GLENIF para promover a sua resposta em tempo hábil, o Diretório GLENIF aprovou,  em sua reunião não presencial realizada no dia 8/1/2015, enviar à Fundação IFRS a seguinte carta resumindo o pedido de informação relativa aos questionários sobre a revisão do ASAF:

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 35 – Eliminação dos resultados de uma transação entre a entidade e sua coligada ou Joint Venture. Reforma da IAS 28.

Em Novembro de 2014, o Diretório Glenif aprovou a formação GTT 35 – Eliminação dos resultados de uma transação entre a entidade e sua coligada ou Joint Venture. Reforma da IAS 28.

O grupo vai começar a trabalhar quando o IASB publicar o ED sobre este tema.  A Coordenação do GTT  está a cargo do representante da Venezuela, sob a supervisão da Diretora do Glenif Norelly Pinto Vargas (Venezuela).

 

GTT 34 – Classificação e mensuração de transações em pagamentos baseados em ações. Reforma do IFRS 2.

Em novembro de 2014, o Diretório Glenif aprovou a formação GTT 34 – Classificação e mensuração de transações em pagamentos baseados em ações. Reforma do IFRS 2.

O grupo é coordenado pelo representante da Argentina e e supervisionado pelo presidente do GLENIF Jorge Gil (Argentina).

O prazo para envio de comentários termina em 25/03/2015.

– ED 2014/5

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 33 – Devido processo dos GTT GLENIF

Em outubro de 2014, o Diretório GLENIF aprovou a formação GTT 33 – Devido processo GTT Glenif

A coordenação e supervisão do grupo estavam a cargo da Diretora do GLENIF Norelly Pinto Vargas (Venezuela).

Manual de Funcionamento dos GTTs

 

GTT 32 – Medição de Investimentos Cotados em Subsidiárias, joint ventures e associadas ao Valor Justo. (Propor alterações às IFRS 10, IFRS 12, IAS 27, IAS 28 e IAS 36 e exemplos ilustrativos da IFRS  13)

Em setembro de 2014, o Diretório GLENIF aprovou a formação do GTT 32 – Medição de investimentos cotados em subsidiárias, joint ventures e associadas ao valor justo. (Propor alterações à IFRS 10, IFRS 12, IAS 27, IAS 28 e IAS 36 e exemplos ilustrativos da IFRS 13)

O grupo é coordenado pelo representante do Uruguai. A supervisão de grupo está a cargo do Diretor de GLENIF Winston Fernandez (Uruguai).

O prazo para a apresentação de comentários expira em 16/01/2015.

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 31 – Reconhecimento de Imposto Diferido – Alterações ao IAS 12

Em junho de 2014, o  Diretório Glenif aprovou a formação dos GTT 31 – Reconhecimento de Imposto Diferido – Alterações ao IAS 12.

O grupo foi coordenado pelo representante da Colômbia  e a supervisão ficou a cargo do Diretor de GLENIF Daniel Sarmiento Pavas (Colômbia).

O grupo desenvolveu suas atividades com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, que contou com a participação dos países interessados. Os representantes dos países enviaram o seu parecer,  que foi discutido e consolidado pelo Grupo. O relatório final foi submetido ao diretório, que aprovou o documento.

A carta-comentário foi enviada ao IASB em 18/12/2014.

Integrantes do GTT 31

Gabriel Suárez Cortés, Coordinador, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia.

Martin Kerner, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina.

Félix Francisco Pinto Roja, Colegio de Auditores y Contadores Públicos de Bolivia, Bolivia.

Jádson Ricarte, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil.

José Francisco Naranjo, Colegio de Contadores de Costa Rica, Costa Rica.

Byron Méndez Sagastume, Colegio de Contadores Públicos y Auditores de Guatemala, Guatemala.

Elsa Beatriz García Bojorges, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México.

Alirio Peña, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela.

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 30 – Entidades de Investimento: Aplicando a Exceção da Consolidação. Propostas de emendas à IFRS 10 e IAS 28

Em junho de 2014, o Conselho de GLENIF mês aprovou a formação dos GTT 30 – Entidades de Investimento: Aplicando a Exceção da Consolidação. Propostas de emendas  às IFRS 10 e IAS 28.

O grupo foi coordenado pelo representante da Venezuela, José Hernández. A supervisão de grupo ficou a cargo da Diretora do GLENIF Norelly Pinto Vargas (Venezuela).

O grupo desenvolveu suas atividades com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, que contou com a participação de partes interessadas em cada país. Cada país enviou o seu parecer, que foi discutido e consolidado pelo Grupo. O relatório final foi submetido ao diretório, que aprovou o documento.

A carta-comentário foi enviada ao IASB em 15/09/2014.

TWG Membros 30

José Hernández, Coordenador, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Alfredo O. Zgaib, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina.

Tânia R. S. Relvas, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil.

Wilmar Franco Franco, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia.

Jose Zuñiga, Colegio de Contadores de Costa Rica, Costa Rica.

Jose Antonio Arevalo, Consejo de Vigilancia de la Profesión de Contaduría Pública y Auditoria, El Salvador

Byron Méndez Sagastume, Colegio de Contadores Públicos y Auditores de Guatemala, Guatemala

Elsa Beatriz García Bojorges, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Ana Gabrielli, Colegio de Contadores, Economistas y Administradores de Uruguay, Uruguai

Leonardo Rodriguez, Colegio de Contadores, Economistas y Administradores de Uruguay, Uruguai

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 29 Iniciativa de Revelação – Reforma da IAS 1

No mês março 2014 o Diretório Glenif aprovou a formação do  GTT 29 – Reforma da IAS 1 – Iniciativa de Revelação.

O Grupo foi coordenado pelo representante do Uruguai, Mario Díaz Durán e formado por representantes da Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México, Paraguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve a cargo do Diretor do GLENIF Winston Fernandez (Uruguai).

O grupo desenvolveu as atividades com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. Mediante aprovação do Diretório, a  carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 23 de julho de 2014.

Integrantes do GTT 29

Mario Díaz Durán, Coordenador, Associação de Contadores , Economistas e Administradores do Uruguai , Uruguai

Carmen Verón, Argentina Federação de Conselhos Profissionais de Ciências, Argentina.

Alcira Calvo,  Federação Argentina de Conselhos Profissionais de Ciências, Argentina.

Edison Arisa, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil.

Gustavo Serrano Amaya, Conselho Técnico de Contabilidade Pública , Colômbia.

Juan Carlos Lara Povedano, Colegio de Contadores de Costa Rica, Costa Rica.

Enrique Orlando Castillo Quiñones, da Superintendência de Empresas, Equador.

Byron Méndez Sagastume, Colegio de Contadores Públicos y Auditores de Guatemala, Guatemala.

Elsa Beatriz García Bojorges, Conselho Mexicano de Financial Reporting Standards (CINIF), México.

Milciades Noguera, Colegio da Contadores del Paraguai, Paraguai.

William Garnier Jordan, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 28 – Revisão pós-implementação do IFRS 3 – Combinação de Negócios

Em janeiro de 2014, o Diretório Glenif aprovou a formação  GTT 28 – Revisão pós-implementação do IFRS 3 – Combinação de Negócios

O Grupo foi coordenado pelo representante da Argentina, Sergio Cravero, e formado por representantes de Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, México, Paraguai e Uruguai. A supervisão do Grupo esteve a cargo do presidente do GLENIF Jorge José Gil (Argentina).

O grupo desenvolveu as atividades com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, que contou com a participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. Mediante aprovação do Diretório, a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 30 de maio de 2014.

Sergio Cravero, Coordenador, Argentina Federação de Conselhos Profissionais de Ciências, Argentina.

Jádson Ricarte, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil.

Gabriel Suárez, Conselho Técnico de Contabilidade Pública , Colômbia.

Jose Francisco Naranjo, Colegio de Contadores de Costa Rica, Costa Rica.

Karina Rendón, da Superintendência de Empresas, Equador.

William Biese Decker, Conselho Mexicano de Financial Reporting Standards (CINIF), México.

Andrés Hermosilla, Colegio de Contadores del Paraguai, Paraguai.

Martín González Yaravide, Associação de Contadores , Economistas e Administradores do Uruguai , Uruguai.

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 27 – Aprimoramentos Anuais às IFRSs ciclo 2012-2014

Em dezembro de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 27 – Aprimoramentos Anuais às IFRSs ciclo 2012-2014.

O Grupo foi coordenado pelo representante do Venezuela,  Jose Hernández e formado por representantes de Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, México, e Uruguai. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretora do Glenif Norelly Pinto Vargas (Venezuela).

O grupo desenvolveu suas atividades com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório , que contou com a participação das partes interessadas em cada país. Cada país enviou o seu parecer, consolidou-se no Grupo de discussão e gerado um relatório final,  que foi apresentado ao Diretório. Mediante aprovação, a carta de comentários enviada para o IASB em 13 de março de 2014.

Integrantes do GTT 27

José Hernández , (Coordenador), Federação dos Contabilistas Públicos da Venezuela, Venezuela.

Felipe Sturniolo, Argentina Federação de Conselhos Profissionais de Ciências, Argentina .

Silvio Takahashi , Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Gabriel Suarez Cortes, Câmara Técnica de Contabilidade Pública, na Colômbia

Tomas Evans, Colégio de Contadores de Costa Rica, Costa Rica.

William Allan Biese Decker, Conselho Mexicano de Financial Reporting Standards (CINIF), México

Martín Gonzalez  Yaravide, Colégio de Economistas e Contadores Administradores Uruguai, Uruguai

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 26 – O Método de Equivalência Patrimonial em Relatórios Financeiros Separados

Em dezembro de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 26 – Método de Equivalência Patrimonial em Relatórios Financeiros Separados.

O Grupo foi coordenado pelo representante da Colômbia, Wilmar Franco Franco e composto por representantes da Argentina, Colômbia , México, Uruguai e Venezuela.

O grupo desenvolveu as atividades com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 3 de fevereiro de 2014.

Integrantes do GTT  26

Wilmar Franco Franco, Coordenador do Conselho Técnico de Contabilidade Pública , na Colômbia

Norelly Pinto Vargas, Federação dos Revisores Oficiais de Contas da Venezuela, Venezuela

Carmen Veron , Argentina Federação de Conselhos Profissionais de Ciências Econômicas , Argentina

Andrea Beltran , Associação de Contadores , Economistas e Administradores do Uruguai , Uruguai

Elsa B. García Bojorges , CINIF Conselho Mexicano de Financial Reporting Standards , México

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 25 – Reforma do IFRS para PMEs

Em outubro de 2013, o Conselho o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 25 – Reforma do IFRS para as PME.

O Grupo foi coordenado pelo representante da Argentina e supervisão do Grupo está a cargo da Presidente do Glenif, Jorge José Gil (Argentina) e composto por representantes da Argentina , Brasil, Chile , Colômbia, Costa Rica, Equador , México, Panamá , Uruguai e Venezuela.

O grupo desenvolveu as atividades com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 03 de março de 2014 .

Integrantes do GTT  25

Jorge José Gil (coordenador) Argentina Federação de Conselhos Profissionais de Ciências Econômicas , Argentina

Hernan Cassinelli , Argentina Federação de Conselhos Profissionais de Ciências Econômicas , Argentina

Fábio Moraes da Costa, Conselho Federal Contabilidade, Brasil

Andrés García Mollenhauer , Associação dos Contabilistas de Chile , Chile

Gustavo Serrano Amaya, Câmara Técnica de Contabilidade Pública , na Colômbia

Juan Carlos Lara, Institute of Chartered Accountants da Costa Rica , Costa Rica

Enrique Quinonez Orlando Castillo, Superintendente de Empresas Equador

Blanca Inés Aguirre Torres, Superintendente de Empresas Equador

Alfonso Campanha Roiz , Conselho Mexicano de Financial Reporting Standards ( CINIF ), México

Lesbia Reyes, da Comissão de Normas de Contabilidade Financeira , Panamá

Alexander Fry, Instituto de Contadores, Economistas e administradores Uruguai , Uruguai

Alirio Peña, Federação dos Revisores Oficiais de Contas da Venezuela, Venezuela

Alberto Afiuni Federação dos Contabilistas Públicos da Venezuela , Venezuela

Norelly Pinto, Federação dos Revisores Oficiais de Contas da Venezuela, Venezuela

Johan Oliva, Federação dos Revisores Oficiais de Contas da Venezuela, Venezuela

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 24 – Estrutura Conceitual : discussão do papel

Em outubro de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 24 – Estrutura Conceitual: papel de discussão.

O Grupo foi coordenado pelo representante do México e a supervisão sob a responsabilidade do Vice-presidente do Glenif, Felipe Pérez Cervantes (México).

O grupo desenvolveu suas atividades com base no plano de trabalho aprovado pelo Conselho , que contou com a participação das partes interessadas em cada país. Cada país enviou o seu parecer, consolidou-se no Grupo de discussão e um relatório final , que foi apresentado ao Conselho foi feita. O relatório final foi aprovado pelo Conselho e carta de comentários enviada para o IASB em 14 de janeiro de 2014.

Integrantes do GTT 24

William Allan Biese Decker (Coordenador), Conselho Mexicano de Financial Reporting Standards (CINIF), México

Domingo Marchese, Argentina Federação de Conselhos Profissionais de Ciências, Argentina

Carlos Ernesto Gonzales Alanes, Colégio de Contadores Públicos e Auditores Bolívia (caub), Bolívia

Eliseu Martins, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Daniel Sarmiento Pavas, Câmara Técnica de Contabilidade Pública, na Colômbia

Irma Hernandez, Câmara Técnica de Contabilidade Pública, na Colômbia

Elsie Ruth Carreño de Molina Madrid, da Superintendência de Empresas, Equador

Winston Fernandez Colégio de Economistas e Contadores Administradores Uruguai, Uruguai

Ricardo Villarmarzo Colégio de Economistas e Contadores Administradores Uruguai, Uruguai

Denisse Daza, Federação dos Contabilistas Públicos da Venezuela, Venezuela

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 23 – Agricultura

Em junho de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do  GTT 23 – Agricultura.

Foi coordenado pelo representante da Argentina e formado por representantes de Bolívia,  Brasil, Colômbia, Costa Rica, México, Uruguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do presidente do GLENIF, Jorge José Gil (Argentina).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 28 de outubro de 2013.

Integrantes do GTT 23

Domingo Marchese, coordenador, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

Félix Francisco Pinto Rojas, Colegio de Auditores o Contadores de Bolivia, Bolívia

Rogério Lopes Mota, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Gabriel Suarez Cortes, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colômbia

Arturo Baltodano, Colegio de Contadores de Costa Rica, Costa Rica

René Harry Muñoz, Colegio de Contadores de Costa Rica, Costa Rica

William A. Biese, CINIF Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, México

Martín González Yaravide,  Colegio de Contadores, Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguai

Pastora Susana Apostol, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 22 – Seguros

Em junho de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do  GTT 22 – Seguros.

Foi coordenado pelo representante do Brasil e formado por representantes de Argentina, Bolívia,  Colômbia, México, Panamá, Uruguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif Enory Spinelli (Brasil).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 25 de outubro de 2013.

Integrantes do GTT 22

Eduardo Wellichen , coordenador, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Hernán Casinelli, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

Roberth Rondales Vidal, Colegio de Auditores y Contadores Públicos de la Bolivia, Bolívia

Daniel Sarmiento Pavas, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colômbia

Luis Antonio Cortés Moreno, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Eduardo Choy, Comisión de Normas de Contabilidad Financiera, Panamá

Antonio Deus, Colegio de Contadores, Economistas e Administradores do Uruguay, Uruguai

Carlos González, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 21 – Contas Regulatórias Diferidas

Em maio de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 21 – Contas Regulatórias Diferidas.

Foi coordenado pelo representante da Venezuela, e formado por representantes de Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, México e Uruguai. A supervisão esteve sob a responsabilidade da Diretora do Glenif Norelly Pinto Vargas (Venezuela).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 2 de setembro de 2013.

Integrantes do GTT 21

Alberto Afiuni, Coordenador, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Luis Antonio Cortés Moreno, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Daniel Acuña Balestra, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

José Elias Feres de Almeida, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Domingo Marchese, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Luis Alonso Colmenares Rodriguez, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Gina Falcón Arias, Superintendencia de Compañías, Ecuador

David Arata Gamarra, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia – CAUB, Bolivia

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 20 – Planos de Benefícios Definidos: Contribuições dos Empregados

Em abril de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 20 – Planos de Benefícios Definidos: Contribuições dos Empregados.

Foi coordenado pelo representante da Colômbia, e formado por representantes de Argentina, Brasil, Mexico, Uruguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif Luis Alonso Colmenares Rodríguez (Colômbia).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 25 de julho de 2013.

Integrantes do GTT 20

Carlos Arturo Castro Losada, Coordenador, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Hugo Werninghaus, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Luis Antonio Cortés Moreno, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Johan Oliva, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Eduardo Selle, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Daniel Acuña Balestra, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 19 – Novação de Derivativos e Continuação da Contabilidade de Cobertura

Em março de 2013,  o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 19 – Novação de Derivativos e Continuação da Contabilidade de Cobertura.

Foi coordenado pelo representante do México, e formado por representantes de Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, e Uruguai. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade de Felipe Pérez Cervantes, diretor do GLENIF.

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 2 de abril de 2013.

Integrantes do GTT 19

Juan Mauricio Gras Gas, Coordenador, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Juan Jose Cabrera, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Martin Crespo Garrido, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia – CAUB, Bolivia

Miller Andrew Templeton, Colegio de Contadores de Chile, Chile

Gustavo Serrano, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Rogério Lopes Mota, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Claudio Giaimo, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 18 – Revelação do Valor Recuperável para Ativos Não Financeiros

Em fevereiro de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 18 – Revelação do Valor Recuperável para Ativos Não Financeiros

Foi coordenado por representantes de Brasil e Equador, e formado por representantes de Argentina, Colômbia, México, Uruguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretório do Glenif.

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 14 de março de 2013.

Integrantes do GTT 18

Ricardo Lopes Cardoso, Coordenador, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Gina Soraya Falcón Arias, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Enrique Orlando Castillo Quiñones, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Juarez Domingues Carneiro, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Jorge José Gil, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Rafael Rodríguez Ramos, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Felipe Pérez Cervantes, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Luis Alonso Colmenares Rodríguez, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Winston Fernández, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 17 – Foram agrupados três documentos de temas similares: 1. Método de Equivalência Patrimonial: Quota de Outras Variações nos Ativos Líquidos; 2. Venda ou Contribuição de Ativos entre um Investidor e sua Empresa Associada ou Comum; e 3. Aquisição de Participação em uma Operação Conjunta.

Em janeiro de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 17, que tinha por objeto três temas.

Foi coordenado pelo representante da Argentina, e formado por representantes de Brasil, Colômbia, Equador, México, República Dominicana e Uruguai. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Vice-presidente do Glenif, Jorge José Gil (Argentina).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaboraram relatórios finais, que foram apresentados ao Diretório. Os relatórios finais foram aprovados pelo Diretório e as cartas de comentários foram enviadas ao IASB nos dias 22 de março de 2013 (GTT17.1) e 24 de abril de 2013 (GTT 17.2 e GTT 17.3).

Integrantes do GTT 17

Oscar Albor, Coodenador, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Elsa Beatriz García Bojortes, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Tânia Regina Sordi Relvas, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Mario Torres, Instituto de Contadores Públicos Autorizados de la República Dominicana, R. Dominicana

Gabriel Suarez Cortes, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Gina Soraya Falcón Arias, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Martín González Yaravide, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Carta Comentário 1 – Inglês

Carta Comentário 2 – Inglês

Carta Comentário 3 – Inglês

 

GTT 16 – Aprimoramentos Anuais às IFRSs do Ciclo 2011-2013

Em janeiro de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 16 – Aprimoramentos Anuais às IFRSs do Ciclo 2011-2013.

Foi coordenado pelo representante do México), e formado por representantes de Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Uruguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif Felipe Pérez Cervantes (México).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 14 de fevereiro de 2013.

Integrantes do GTT 16

Willian Allan Biese Decker, Coordenador, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Domingo Marchese, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Félix Francisco Pinto Rojas, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia – CAUB, Bolivia

Silvio Takahashi, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Miller Andrew Templeton, Colegio de Contadores de Chile, Chile

Jacinto Antonio Mendoza Rodríguez, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Juan Jose Cabrera, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

José Hernández, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Denisse Daza, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Daniel Sarmiento Pavas, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 15 – Aclaração dos Métodos Aceitáveis de Depreciação e Amortização

Em Janeiro de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 15 – Aclaração dos Métodos Aceitáveis de Depreciação e Amortização.

Foi coordenado pelo representante da Venezuela, e formado por representantes de Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, México e República Dominicana. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif Rafael Rodríguez Ramos (Venezuela).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 26 de março de 2013.

Integrantes do GTT 15

José Hernández, Coordenador, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Luis Antonio Cortés Moreno, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Gabriel Suàrez Cortes, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Silvio Takahashi, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Mario Torres, Instituto de Contadores Públicos Autorizados de la República Dominicana, R. Dominicana

Ana María Giorla, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Alvaro Andrés González Zambrano, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Félix Francisco Pinto Rojas, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia – CAUB, Bolivia

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 14 – Instrumentos Financeiros: Perdas Creditícias Esperadas

Em março de 2013, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 14 – Instrumentos Financeiros: Perdas Creditícias Esperadas.

Foi coordenado pelo representante da Argentina), e formado por representantes de Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Uruguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Vice-presidente do Glenif, Jorge José Gil (Argentina).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 5 de julho de 2013.

Integrantes do GTT 14

Claudio Giaimo, Coordenador, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Alfredo Zgaib, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Vladimir Blancourt De La Barra, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia – CAUB, Bolivia

Andrés Rodrigo García Mollenhauer, Colegio de Contadores de Chile, Chile

Daniel Sarmiento Pavas, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Alvaro Andrés González Zambrano, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Williams Garnier, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Juan Mauricio Gras Gas, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 13 – Classificação e Mensuração – Modificações à IFRS 9

Em dezembro de 2012, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 13 – Classificação e Mensuração – Modificações à IFRS 9.

Foi coordenado pelo representante do México, e formado por representantes da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, e Uruguai. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif Felipe Pérez Cervantes (México).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 27 de março de 2013.

Integrantes do GTT 13

Juan Mauricio Gras Gas, Coordenador, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Juan Jose Cabrera, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Martin Crespo Garrido, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia – CAUB, Bolivia

Miller Andrew Templeton, Colegio de Contadores de Chile, Chile

Gustavo Serrano, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Rogério Lopes Mota, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Claudio Giaimo, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 12 – Estrutura Conceitual

Em outubro de 2012, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 12 – Estrutura Conceitual. Este grupo não está relacionado com o documento publicado para consulta pelo IASB, tendo sido idealizado como um Grupo de Investigação.

Foi coordenado pelo representante do México, e formado por representantes de Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, República Dominicana, Uruguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Vice-presidente do Glenif, Felipe Pérez Cervantes (México).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 30 de setembro de 2013.

Integrantes do GTT 12

Willian Allan Biese Decker, Coordenador, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Elizabeth G. De Lopez, Instituto de Contadores Públicos Autorizados de la República Dominicana, R. Dominicana

Eliseu Martins, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Daniel Sarmiento Pavas, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Irma Hernández, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Carlos Ernesto Gonzales Alanes, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia – CAUB, Bolivia

Ruth Elsie Carreño Madrid de Molina, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Domingo Marchese, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Rafael Rodríguez Ramos, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Winston Fernández, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Ricardo Villamarzo, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 11 – Revisão Pós-implementação: Segmentos Operacionais da IFRS 8

Em julho de 2012, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 11 – Revisão Pós-implementação: Segmentos Operacionais da IFRS 8.

Foi coordenado pelo representante do Brasil, e conformado por representantes de Argentina, Bolívia, Equador, México, Panamá, Uruguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Presidente do Glenif Juarez Domingues Carneiro (Brasil).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 21 de novembro de 2012.

Integrantes do GTT 11

Rogério Lopes Mota, Coordenador, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Carlos González, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Ricardo Briceño, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Nelson Goodrich, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

William Biese, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), Mexico

Panama Piñeda, Comisión de Normas de Contabilidad Financiera de Panamá, Panama

Felix Francisco Pinto Rojas, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia – CAUB, Bolivia

Ricardo Villarmarzo, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Alcira Calvo, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Gladys Margarita Solar Feijóo, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 10 – Revisão Abrangente da IFRS para PMEs

Em julho de 2012, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 10 – Revisão Abrangente da IFRS para PMEs.

Foi coordenado pelo representante da Argentina, e conformado por representantes de Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Uruguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Vice-presidente do Glenif Jorge José Gil (Argentina).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 10 de dezembro de 2012.

Integrantes do GTT 10

Jorge José Gil, Coordenador, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Hernán Casinelli, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Fábio Moraes da Costa, Conselho Federal de Contabilidade, Brazil

Blanca Inés Aguirre Torres, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Enrique Orlando Castillo Quiñonez, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Alfonso Campaña Roiz, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), Mexico

Gustavo Serrano, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Delio Zúñiga, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Alirio Peña, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Alberto Afiuni, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Norelly Pinto, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Johan Oliva, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Andrés García Mollenhauer, Colegio de Contadores de Chile, Chile

Daniel Acuña, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguay

Juan Arcadio Collado, Comisión de Normas de Contabilidad Financiera de Panamá, Panama

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 9 – Opções de Venda Subscritas sobre Interesses Minoritários

Em julho de 2012, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 9 – Opções de Venda Subscritas sobre interesses Minoritários.

Foi coordenado pelo representante da Colômbia, e conformado por representantes de Argentina, Bolívia, Brasil, Equador, México e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif Luis Alonso Colmenares Rodríguez (Colômbia).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 10 de outubro de 2012.

Integrantes do GTT 9

Ivan Jesus Castillo Caicedo, Coordenador, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colombia

Carlos Alberto Olmedo Pluas, Superintendencia de Compañías, Ecuador

Alexandre Fetter Kalikoski, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Gustavo León, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Williams Garnier, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Juan Mauricio Gras Gas, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Sergio Cravero, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Remy Ángel Terceros Fernández, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia – CAUB, Bolívia

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 8 – Manual do Devido Processo

Em julho de 2012, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 8 – Manual do Devido Processo.

Foi coordenado pelo representante da Venezuela, e conformado por representantes de Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador e México. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif Rafael Rodríguez Ramos (Venezuela).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 11 de setembro de 2012.

Integrantes do GTT 8

Julio García, Coordenador, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Luis Alfonso Chávez Chávez, Superintendencia de Compañías, Equador

Luiz Murilo Strube Lima, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Heraclio Lanza, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Luis Antonio Cortés Moreno, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Gabriel Suarez, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colômbia

Jorge Gómez, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

José Alberto Yanes, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Carlos Ernesto Gonzales Alanes, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia – CAUB, Bolívia

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 7 – Aprimoramentos Anuais às IFRSs (Ciclo 2010—2012)

Em maio de 2012, o Diretório do GLENIF aprovou a formação do GTT 7 – Aprimoramentos Anuais às IFRSs (Ciclo 2010-2012).

Foi coordenado pelo representante do México), e conformado por representantes de Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Equador, Uruguai e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif Felipe Pérez Cervantes (México).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 4 de setembro de 2012.

Integrantes do GTT 7

William Allan Biese, Coordenador, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Domingo Marchese, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Félix Francisco Pinto Rojas, Colegio de Auditores o Contadores Público de Bolivia, Bolívia

Silvio Takahashi, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Tânia Regina Sordi Relvas, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Miller Templeton, Colegio de Contadores de Chile, Chile

Jacinto Antonio Mendoza Rodríguez, Superintendencia de Compañías, Equador

Juan José Cabrera, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguai

José Hernandez, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Denisse Daza, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 6 – Guia de Transição (Propostas de modificação à IFRS 10)

Em janeiro de 2012, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 6 – Guia de Transição (Propostas de modificação à IFRS 10).

Foi coordenado pelo representante do Uruguai) e conformado po representantes de Bolívia, Colômbia, Equador e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif Winston Fernández (Uruguai).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 21 de março de 2012.

Integrantes do GTT 6

Hugo Gubba, Coordenador, Uruguai

Gladys Margarita Solar Feijóo, Superintendencia de Compañías del Ecuador, Equador

Remy Ángel Terceros Fernández, Colegio de Auditores o Contadores Público de Bolivia, Bolívia

Rafael Rodríguez Ramos, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Luís Alonso Colmenares Rodríguez, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colômbia

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 5 – Reconhecimento de Receitas

Em 26 de outubro de 2011, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 5 – Reconhecimento de Receitas.

Foi coordenado pelo representante do Brasil e conformado por representantes de Argentina, Bolívia, Equador, México, Uruguai e Venezuela. A supervisão do grupo ficou sob a responsabilidade do Presidente do Glenif, Juarez Domingues Carneiro (Brasil).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 13 de março de 2012.

Integrantes do GTT 5

Silvio Takahashi, Coordenador, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

William Allan Biese Decker, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Alberto Afiuni, Federación de Colegios de Contadores Públicos, Venezuela

Tânia Regina Sordi Relvas, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Felipe Sturniolo, Federación Argentina de Consejos, Argentina

Ricardo Villarmarzo, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguai

Enrique Castillo, Superintendencia de Compañías del Ecuador, Equador

José Edwin Natusch Melgar, Colegio de Auditores o Contadores Públicos de Bolívia, Bolívia

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 4 – Empréstimos Governamentais (Modificações à IFRS 1)

Em 26 de outubro de 2011, o Diretório do Glenif aprovou a formação do GTT 4 – Empréstimos Governamentais (Modificações à IFRS 1).

Foi coordenado pelo representante da Venezuela e conformado por representantes de Argentina, Brasil, Equador, México e Panamá. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif, Rafael Rodríguez Ramos (Venezuela).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no dia 5 de janeiro de 2012.

Integrantes do GTT 4

Silvio Takahashi, Coordenador, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Sergio Cravero, Federación Argentina de Consejos Profissionales de Ciencias Económicas, Argentina

Idésio Coelho, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Gina Elizabeth Hidalgo Flores, Superintendencia de Compañías, Equador

Luis Antonio Cortés Moreno, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Vidalma Moreno, Comisión de Normas de Contabilidad Financiera de Panamá, Panamá

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 3 – Leasing

Em 26 de outubro de 2011, o Diretório do Glenif aprovou a formação do “GTT 3 – Leasing”.

Foi coordenado pelo representante do México e conformado por representantes de Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Panamá e Venezuela. A supervisão do Grupo esteve sob a responsabilidade do Diretor do Glenif, Felipe Pérez Cervantes (México).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no mês de setembro de 2013.

Integrantes do GTT 3

William Allan Biese Decker, Coordenador, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Marcelo Kozak, Federación Argentina de Consejos Profesionales de Ciencias Económicas, Argentina

Eliseu Martins, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Carlos Olmedo Plúas, Superintendencia de Compañías, Equador

Julio Laso, Comisión de Normas de Contabilidad Financiera, Panamá

Jose Hernández, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Roberth Rondales Vidal, Colegio de Auditores e Contadores Públicos, Bolívia

Gustavo Serrano Amaya, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colômbia

Julia Cabrera, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguai

Carta Comentário – Inglês

Carta Comentário – Espanhol

 

GTT 2 – Entidades de Investimento

Em setembro de 2011, o Diretório do Glenif aprovou a formação do “GTT 2 – Entidades de Investimento” para elaborar uma carta de comentários em resposta ao documento publicado pelo IASB.

Foi coordenado pelo representante da Argentina e conformado por representantes de Brasil, Colômbia, México, Venezuela, Bolívia, Panamá e Equador. A supervisão do grupo esteve a cargo do Vice-presidente do Glenif, Jorge José Gil (Argentina).

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentários foi enviada ao IASB no mês de janeiro de 2012.

Integrantes do GTT 2

Domingo Marchese, Coordenador, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Alexandre Cordeiro de Andrade, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Remy Ángel Terceros Fernández, Colegio de Auditores e Contadores Públicos da Bolívia, Bolívia

Daniel Sarmiento Pava, Consejo Técnico de la Contaduría Pública, Colômbia

Enrique Orlando Castillo Quiñones, Superintendencia de Compañías del Ecuador, Equador

Elsa Beatriz García Bojorges, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Hector Castillo, Comisión de Normas de Contabilidad Financiera de Panamá, Panamá

Norelys Pinto, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Carta Comentário – Inglês

 

GTT 1 – Consulta da Agenda do IASB

Em 22 de agosto de 2011, o Diretório do Glenif aprovou a criação do “GTT 1 – Consulta da Agenda do IASB” para desenvolver respostas adequadas à agenda proposta pelo IASB.

Foi coordenado pelo representante do Brasil, conformado por representantes de Argentina, Equador, México, Panamá, Uruguai e Venezuela. A supervisão do grupo esteve a cargo do presidente do Glenif, Juarez Domingues Carneiro.

O grupo desenvolveu os trabalhos com base no plano de trabalho aprovado pelo Diretório, o que implicou na participação de grupos de interesse em cada país. Cada país enviou sua opinião e as informações foram discutidas e consolidadas no âmbito do grupo e se elaborou um relatório final, que foi apresentado ao Diretório. O relatório final foi aprovado pelo Diretório e a carta de comentário foi enviada ao IASB em 30 de novembro de 2011.

Integrantes do GTT 1

Ricardo Lopes Cardoso, Coordenador, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Domingo Marchese, Federación Argentina de Consejos Profisionales de Ciencias Económicas, Argentina

Idésio Coelho, Conselho Federal de Contabilidade, Brasil

Gladys Margarita Solar Feijoo, Superintendencia de Compañías, Equador

William A. Biese Decker, Consejo Mexicano de Normas de Información Financiera, A.C (CINIF), México

Hector Castillo, Comisión de Normas de Contabilidad Financiera de Panamá, Panamá

Winston Fernandez, Colegio de Contadores Economistas y Administradores del Uruguay, Uruguai

Norelys Pinto, Federación de Colegios de Contadores Públicos de Venezuela, Venezuela

Carta Comentário – Inglês